Thursday, June 26, 2014

Fashion-à-Porter em Barcelona com a Instax Mini 8 - Parte II



Olá a todos!

Em primeiro lugar, quero pedir imensas desculpas pela demora desde post, mas ainda não consegui organizar a minha agenda de forma a postar com alguma regularidade. 

Em segundo, quero-vos continuar a a falar de Barcelona, e de todas as surpresas que a equipa da Fujufilm nos proporcionou!



Tal como a Lord não somos royals, e só conduzimos Cadillacs nos nosso sonhos, mas com a Fujifilm tivemos direito a motorista e tudo! How cool is that?








Também podia ter escolhido o Bentley, mas o Cadillac a la Elvis Presley (só não era cor-de-rosa) conquistou-me! 


E porque andar de Cadillac da década de 50 não foi high enough para a Fujifilm, subimos 75m de elevador para almoçar na Torre d'Alta Mar, considerado o 10º restaurante com melhor vista do mundo! E que vista! São 360º graus de cortar a respiração sobre Barcelona, que nos fazem (quase) esquecer a estranha sensação de estar num navio cruzeiro sem estabilizador. 









Do almoço, seguimos para o Palau de la Música Catalana (Património Mundial listado pela Unesco), um maravilhoso edifício modernista, em homenagem à música popular catalã, cheio de relevos lindíssimos, mosaicos coloridos, esculturas, flores, impressionantes vitrais e ainda mais flores, muitas flores da autoria do arquitecto Lluís Domènech i Montaner. Depois demos um passeio pelo Bairro Gótico e fomos tomar unas copas ao "Alaire" a simpática terraza do Hotel Condes de Barcelona, em uma das avenidas mais nobres da cidade, El Paseo de Gracia.






 


E para fechar com chave-de-ouro una Cena Pop Up! E o que é isto de um jantar Pop Up? É muito simples! Recebemos um convite com uma referência de um amigo, que por sua vez tem que ser amigo (ou amigo de um amigo) do Chef catalão Giraldo, et voilá, passado dois meses (ou mais de espera), recebemos uma mensagem com a morada! Morada essa que é, nem mais nem menos, a própria morada do Chef Giraldo

Jantámos - na sua sala de estar adaptada a restaurante, com os seus pertences e curadoria - um maravilhoso menu de degustação da "colecção" Primavera/Verão 2014, com direito, entre muitos petiscos deliciosos, a vieiras com gelatina de vermut e nachos de morcela. 

Eis se não quando, já depois do nono e último prato, se apagam as luzes e se faz silêncio sepulcral na sala... na minha ingenuidade e inocência, pensei que alguém - da única mesa que não era ocupada por nós - fazia anos e já estava preparada para a cantoria, mas o que saiu da boca daquela "Gueixa/Callas aflamengada" foi bem mais que um "parabéns a você", foi um arrepiante trecho da Madame Butterfly de Verdi, que por mim, por si só, já valeu toda esta viagem! O meu muito, muito, muito OBRIGADA! Fujifilm!! 


AVISO À NAVEGAÇÃO!
PASSATEMPO INSTAX MINI 8 NO PRÓXIMO POST
STAY TUNNED!

Wednesday, June 11, 2014

Fashion-à-Porter em Barcelona com a Intax Mini 8 - part I




Depois de Lisboa e Florença, Barcelona é provavelmente a cidade europeia que conheço melhor e é também daquelas que não me importo mesmo nada de voltar.

No entanto, quando recebi o convite da Fujifilm para ir passar um fim-de-semana na cidade de Miró, confesso que fiquei bem mais entusiasmada com as Instax Mini 8 do que propriamente com a viagem em si. O que acabou por ser bom, uma vez que fui constantemente surpreendida!

Partimos do Hotel às 09h00 em direcção ao desconhecido. Sabia apenas que o nosso guia era uma espécie de foodie/ coolhunter e que nos esperava um dia cheio de momentos deliciosos e únicos. 

Mal chegamos ao Comaxurros, comecei logo a ficar nerbiosa. Não sou a maior fã de xurros, acho-os demasiado enjoativos e não estava nos meus planos empanturrar-me de doces logo às 09h00 da matina. Mas qual foi o meu espanto, quando nos serviram xurros salgados! Sim, à laia de tapas, com jamon serrano, queijo (quem consegue resistir a um queijinho?), tomate, rúcula, etc... Estavam de chorar por mais e ficaram lindamente nas nossas primeiras Instax (ver no instagram).  

Ainda no Comaxurros, fomos apresentados à Instax Mini 8. Uma mini câmara instantânea, amorosa e com cores deliciosas que me fez regressar aos tempos de infância - a minha primeira máquina fotográfica de sempre foi uma polaroid rosa e roxa das Spice Girls, que fez as delicias da minha pré-adolescência.

A Instax, contudo, para além de ser mais portátil é também mais eficiente, uma vez que tem um sensor de ambiente que nos permite regular a luz e tirar fotografias mais bonitas, nítidas e com cores mais vivas. 







Próxima paragem: Encants Vells

Uma espécie de feira da ladra ou marché aux puces com tudo e mais um par de botas: botões, tecidos, torneiras, pequenos eletrodomésticos, pilhas, lâmpadas, roupa em segunda e primeira mão, sabonetes, antiguidades, velharias, livros, tapas, doces e muita, muita tralha e bugiganga à mistura. Um cenário de sonho para as nossas Instax


Pormenor do tecto.















 to be continued...

GIVEAWAY SOON
Vou oferecer uma INSTAX MINI 8  
em breve aquí no blog
Stay tuned!